Revista de Teatro

domingo, 27 de setembro de 2009

Peça: "Nos Campos de Piratininga"


“Nos Campos de Piratininga”

Em cartaz no Teatro João Caetano

A história da cidade de São Paulo e de seus principais clubes de futebol, Corinthians, Palmeiras e São Paulo, da época de Charles Miller até os dias de hoje

“Nos Campos de Piratininga” é uma comédia musical que conta a história da cidade e do futebol de São Paulo. A estreia – no Teatro João Caetano - aconteceu dia 17 de setembro com a presença de personalidades e imprensa do meio esportivo.

A narrativa da peça parte da época de Charles Miller e chega à atualidade, priorizando histórias do Corinthians, Palmeiras e São Paulo e nesta nova montagem, um compositor de escola de samba discute com a musa da sua imaginação como contar essa história na avenida.

Com duas horas de duração, a peça é dividida em dois atos e um intervalo, passando em revista os fatos mais marcantes de uma pequena vila que virou metrópole, incorporando a popularização do futebol, promovida pelos seus principais clubes.

Nos Campos de Piratininga - Teatro João Caetano - Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino – SP – Fone (11) 5549-1744 / Quintas 20h30 / sextas 21h / sábados 21h / domingos 20h00. Temporada até 01 de novembro de 2009. Saiba mais sobre a peça em www.soniakessar.com.br

Toda quinta-feira, após a sessão, bate-papo com jornalistas, técnicos e jogadores convidados.

Participantes do dia 1º de outubro: GUSTAVO VILLANI, LILIAN GONÇALVES, SIDNEY GARAMBONE e TOBIAS

GUSTAVO VILLANI – É formado em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e começou a trabalhar como estagiário no jornal A Gazeta Esportiva em 2000. Passou pelas rádios Transamérica, Globo e Record como repórter. Cobriu a Copa do Mundo da Alemanha, em 2006. Contratado pela Rede Record de Televisão, trabalhou na casa por uma temporada e meia, antes de cursar pós-graduação pela Universidad San Pablo CEU, em Madri, na Espanha. De volta ao Brasil, aos 28 anos, está na Rádio Globo como âncora e narrador.

LILIAN GONÇALVES – É empresária e tem o título de “rainha da noite paulistana”.

Mineira de Guarapuava, aos quatro anos foi para Brasília e aos 16 anos foi eleita Miss Brasília, mas não assumiu o posto por ser menor de idade. Decidiu mudar sua vida e com apenas duas mudas de roupas na mala veio para São Paulo. Com muito trabalho e esforço, conseguiu comprar seu primeiro estabelecimento, o Bar Biroska, um grande sucesso.

Chegou a ter doze casas noturnas simultaneamente. Participou de vários filmes, apresentou programas de TV, criou banda carnavalesca, teve sua vida contada no carnaval que deu titulo a escola de samba Vai-Vai e na minissérie JK.

SIDNEY GARAMBONE - É editor-chefe do Esporte Espetacular e comentarista do Sportv. Começou no jornalismo cultural, onde trabalhou na Tribuna da Imprensa, O Globo e Jornal do Brasil, como correspondente em Paris. Depois da Copa de 94, foi convidado para ser editor de esportes de O DIA, para onde levou uma nova maneira de fazer jornalismo esportivo, mais leve e cultural. Foi subeditor da revista Isto É, mas acabou voltando para "os campos", ao assumir a chefia de reportagem da divisão de Esportes da TV Globo, há 10 anos. Mestre em Relações Internacionais, Garambone escreveu 3 livros: "O Caçador de Barangas", "A Primeira Guerra Mundial e a Imprensa Brasileira" e "Eu, Deus". Nas peladas, é um atacante goleador.

TOBIAS (José Benedito Tobias) - Chegou ao Corinthians em 1975 e sua estréia foi contra o Moto Clube (Maranhão) pelo Campeonato Brasileiro daquele ano. Foi um dos heróis do famoso duelo entre Fluminense e Corinthians no Campeonato Brasileiro de 1976, a famosa “Invasão corinthiana”, no Maracanã. Foi consagrado como goleiro na disputa pegando dois pênaltis e o

Corinthians se classificou para a final daquele campeonato.

Foi titular na equipe que venceu a Ponta Preta na final do Campeonato Paulista em 1977.

Permaneceu no Corinthians até 1980, passando pelo Sport Recife e Fluminense. Encerrou sua carreia em 1986 pelo Bangu. Hoje empresaria a Seleção Brasil Masters, faz jogos por todo o Brasil e desenvolve um Projeto de Reinserção Social com adultos em situação de rua no bairro

de Pinheiros, em São Paulo.


Sonia Kessar - Assessoria de Imprensa
Fones - (55) 11 8143-2271 / 8395-2469
imprensa@soniakessar.com.br / kessar@terra.com.br / www.soniakessar.com.br

Peça: Adão e Eva o Clássico




Apresente este e pague apenas R$ 10,00 (valor normal R$ 30,00)


Sonia Kessar - Assessoria de Imprensa
Fones - (55) 11 8143-2271 / 8395-2469
imprensa@soniakessar.com.br / kessar@terra.com.br / www.soniakessar.com.br


CD “Fio da Canção”


O cantor e compositor Carlos Walker retorna ao disco com o CD “Fio da Canção”. Este é o terceiro disco solo da carreira, e o primeiro só de inéditas, compostas em parceria com engenheiro Lúcio Gregori, que aos 72 anos se descobre como compositor.

O LP de estréia foi “A Frauta de Pã” (Frauta, com "r" mesmo), de 1975, considerado uma preciosa raridade no mercado dos colecionadores. Após a A Frauta de Pã, Walker gravou o elogiado “Onda”, tributo ao 60º aniversário de Tom Jobim, já relançado em CD pela gravadora Eldorado.

O novo trabalho traz arranjos do maestro e pianista Laércio de Freitas, e participações de músicos da Orquestra Sinfônica de São Paulo (Osesp) e da cantora Ná Ozzetti na faixa ‘Valsa da onda que volta’.“A proposta do CD é desenvolver o meu lado autoral, pois os discos anteriores destacaram mais o intérprete de outros compositores”, informa Walker, que tem no currículo parcerias com João Gilberto (‘Regata’), Aldir Blanc (‘Estrada da intemperança’) e Hermeto Paschoal (‘Desencontro certo’, entre outras). Apontado pela crítica especializada na década de 70 como uma das vozes mais promissoras de sua geração, Walker destaca que “Fio da Canção” dá um original olhar sobre a Bossa Nova, pois em 2008 durante as comemorações do cinquentenário do movimento musical percebeu que todo mundo só gravou remakes de antigos compositores. “Eu e o Lúcio decidimos, então, recriar, por meio do uso de elementos retrô-chiques da própria estética bossanovista”, relata.

O artista começou aos 14 anos, quando encantou o júri formado por Alaíde Costa, Johnny Alf e músicos do Zimbo Trio, e venceu o Festival da Moderna Música Popular, em Santos. Teve o aval de artistas como Elis Regina, Antonio Carlos (da dupla com Jocafi) e de sua esposa na época, a cantora Maria Creuza, que o levaram até a gravadora RCA, por onde lançou em 1974 o primeiro disco, um compacto simples com o acalanto-ecológico ‘Alfazema’ (incluída na trilha sonora da novela O Espigão). Ainda nos anos 70 esteve presente nas trilhas nacionais de Escalada (“Beatrice”) e Gabriela (“Adeus”, de Dorival Caymmi), todas da Rede Globo.

Walker, que também é astrólogo e publicou livros sobre o assunto, já tocou e gravou com Egberto Gismonti, Piry Reis, Yuri Poppof, Romero Lubambo, Hélio Delmiro, Gilson Peranzetta entre muitos outros. Em 2005, apresentou o show ‘Retrato em branco e preto’, ao lado da cantora Alaíde Costa. Também canta na abertura feita por Marcello Dantas no vídeo premiado sobre a poeta Ana Cristina Cesar. Blog do CD: www.blig.ig.com.br/afrozen / www.myspace.com/carloswalker2009

Informações para a imprensa

Sonia Kessar - Assessoria de Imprensa

11 anos divulgando arte e cultura

((11) 8143-2271 / 8395-2469

imprensa@soniakessar.com.br

kessar@terra.com.br

www.soniakessar.com.br

sábado, 26 de setembro de 2009

Halloween 2009 no TENP



ESPAÇO DO TENP APRESENTA:

HALLOWEEN

DATA: 24 DE OUTUBRO
HORA: DAS 17:00 AS 21:30

ATRAÇÕES:
MÚSICAS ( Dj Magão)
ALEGRIA
SQUETES TEATRAIS
(DRÁCULA DE BRAM STOKER)

Elenco:
Domingos Verrone / Thais Maccari / Anderson Oliver / Silene Patané /
Whanderson Rosni / Aline Ballet / Marcelo Pimentel / Samanta Verrone

Direção: Whanderson Rosni
Sonoplástia: Dj. Magão

INGRESSO:
R$10,00
+ UM PRATO SALGADO.

COMPRAS DE INGRESSO:

ESPAÇO DO TENP
Rua Mauro, 437 - Sáude
Tel.:(11) 2276-0031